fracasso-desistir-sucesso-andrea-piacquadio
fracasso-desistir-sucesso-andrea-piacquadio

Oposto Do Sucesso É Desistir E Não O Fracasso.

Entenda a importância do fracasso na sua tragetória até obter o sucesso e porque desistir se torna o opositor e tira sua oportunidade de crescer como pessoa.

Ouça este artigo |  
Listen to this article

Caro Leitor(a), muitos acham que o fracasso é quando não obtivemos o sucesso.

Mas esta não é uma verdade absoluta, porque deixamos de lado a experiência adquirida e generalizamos, de forma a não refletir e ter a maturidade para não cometer os mesmos erros em outra oportunidade.

Só que isto ocorre principalmente em nossa tradicional cultura. Porque ao contrário do que se espera desde muito cedo ainda na escola. As avaliações por exemplo, exige que devemos marcar a resposta correta de uma questão.

E isto porque caso contrário, cometeremos um erro. E as consequências como notas baixas e até mesmo o preconceito da reprovação. Que o fato trás, principalmente pelos colegas que vivem também nesta mesma pressão.

E este dilema nos persegue até a vida adulta. Mas antes disso, vamos observar algo muito importante dito no texto acima.

Porque “marcar a resposta correta” pode nos trazer uma condição agradável como uma loteria, que acabamos de acertar os números e ter direito a um prêmio por isso.

Porém, caro leitor(a) deixamos para trás toda a importância do essencial, que está diretamente relacionada ao aprendizado em si.

E aquele questionário deve ter um propósito maior. Ou seja, as escolhas devem ser realizadas com consciência, entendimento e aprendizado.

Isto porque você está respondendo algo que realmente tem a certeza ou em seu entendimento e opinião faz mais sentido.

E agora sim, teríamos uma vitória talvez merecedora e até meritocrática. Porque envolve assim o seu crescimento pessoal, profissional que irá refletir diretamente na sua experiência de vida.

Aprendendo No Fracasso A Importância da Repetição

A final, nós “somos o que fazemos repetidas vezes”. E com um certo cuidado de buscar o conhecimento, sem o vício de querer apenas atalhos que o leve as respostas certas sem muito esforço e compreensão.

O que pode causar uma lacuna aberta no seu entendimento, conhecimento e maturidade ao londo da vida.

E além disto não produz méritos e realizações. Porque pode ficar no seu subconsciente como um peso por não ter se esforçado o necessário para conseguir o aprendizado que aquela experiência exigiria.

Porque fica claro que a vida nos testa a todo momento. E muitas vezes ficamos obrigados e pressionados a uma avaliação. Ou porque a situação que nos colocamos nos obriga de fato.

E não devemos ter esta justificativa. Isto porque produzirá algo como um desvio. Só que o principal prejudicado é você mesmo.

E também não é o caminho querer por a culpa no outro. Mesmo porque você é o protagonista da sua vida, lembre-se disto! E você é o responsável por tudo.

Ou seja, o que você submete e o que você é submetido.

Só que se continuar buscando um culpado mais cedo ou mais tarde a conta chega. E corrigida, só que bem salgada.

Então caro leitor(a), você deve estar se perguntando: O que fazer?

Neste momento quero trazer para reflexão o tema indispensável sobre o “caráter”. E vou atribuir com uma frase onde o escritor canadense Paul Tough sugere que a melhor maneira de desenvolver o caráter é:

“Encontrando e superando fracassos que ajudarão a desenvolver habilidades não cognitivas, como persistência, autocontrole, curiosidade, coragem e autoconfiança”.

Veja caro leitor(a) o que deixamos para trás, quando não nos permitimos encarar os seus fracassos.

Porque se aprendermos as lições, o fracasso pode se tornar um sinônimo do seu sucesso. E existe uma importância tremenda do fracasso na sua jornada.

E o fracasso se torna mais que um aliado, é praticamente o combustível que irá te alimentar durante todo este trajeto.

Porque em cima da sua constante auto avaliação, irá saber ou encontrará respostas que irão te direcionar com o aprendizado adquirido ao objetivo.

Ainda falando do Paul Tough, que é o autor do livro “How Children Succeed” que sugere o desenvolvimento das suas habilidades, praticando exaustivamente e quanto mais cedo começar melhor.

E ainda na visão do autor para se alcançar o sucesso. Ter caráter é ainda mais crucial do que ter a inteligência.

No Fracasso Desenvolvendo As Suas Habilidades

Portando caro leitor(a), é muito importante colocar as falhas, erros, o fracasso, ou qualquer outro nome que venha a ser atribuído, como um aprendizado constante. Um aliado necessário nesta trajetória até conseguir crescer na vida.

Devemos trilhar o caminho e assumir riscos também, porque eles serão o seu termômetro para saber se está trilhando o melhor caminho e o que precisa aperfeiçoar.

E tem muitos casos que para atingir determinado nível de experiência e aprendizado é necessário ir ao fundo do poço, para conseguir maturidade suficiente que permita atingir o seu objetivo principal.

Assim aconteceu com diversos nomes conhecidos como o autor desta frase:

“Falhar é simplesmente a oportunidade de começar de novo dessa vez mais inteligentemente”.

Henry Ford

E o fundador da grande Ford Motor Company. Só que antes de chegar ao sucesso ele fracassou e faliu duas empresas. Mas hoje ele escreveu a sua história e teve um importante papel de destaque por transformar o carro que antes era um brinquedo possível apenas para os ricos em algo acessível para o cidadão comum.

Transforme O Fracasso Em Oportunidade

As vezes não percebemos! Mas, a grande maioria da população não teve desde muito cedo ainda na escola, a oportunidade de ser criativo, de experimentar e de aprender com o seu fracasso.

E por exemplo em países como na Califórnia, no Vale do Silício. Percebemos uma grande diferença na sua cultura local, que incentiva sempre que as pessoas valorizarem aqueles que “falharam”.

Porque entendem com muito orgulho que os seus fracassos vão te levar a descobrir o essencial para chegar ao sucesso.

E se você chegou até aqui, você naturalmente perceberá que não mencionamos a palavra “desistir”. O que é exatamente o oposto a tudo que falamos acima.

E como já disse o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg:

“O maior risco é não assumir nenhum risco… Em um mundo que muda muito rapidamente, a única estratégia garantida a falhar é não correr riscos.”

E agora, caro leitor(a) espero que consiga refletir sobre o entendimento da importância de encarar as suas falhas como aliadas. E que possa, como uma catapulta evoluí-lo(a) para outro patamar. Só que com muito mais maturidade, humildade e perseverança.

Mas tenha a paciência como uma das melhores ferramentas para o seu trabalho e projeto de vida! Porque “o sucesso será apenas uma consequência“.


podutividade-no-dia-a-dia

Baixe Nosso E-book Com Dicas De Produtividade No Dia-A-Dia!


Confirme o recebimento do e-book e ótima leitura!


 

Viva seu Máximo


 

Mais Recentes

Redes sociais

Não seja tímido, entre em contato. Adoramos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.

Wildcard SSL Certificates