ideias
ideias

“Ideias” Para Combater, “Pessoas” Para Convencer! 100% #Steve Jobs

Saber validar as suas ideias com outras ideias contrárias, motivando o crescimento produtivo e evolução do nível e maturidade.

Ouça este artigo |  
Listen to this article

E quem já viu a história do grande Steve Jobs, suas ideias podem ser interpretadas como um ser polêmico, mas de uma entrega sem igual para toda a humanidade.

Mas isto porque não é o fato de se preocupar com detalhes, mas saber que eles são tão importantes quanto todo o resto.

Porque as lições que trazem o legado deixado pelo Steve, ainda se refletem em nosso cotidiano, e com certeza continuarão direta ou indiretamente na nossa rotina.

Como Combater Ideias Podem Convencer Pessoas?

Primeiro, nunca opte pelo extremo, busque o equilíbrio harmônico das coisas. E não caia na armadilha de que você ou a sua opinião é a única bolacha do pacote.

Segundo, quando você se posiciona unicamente em um dos extremos, será facilmente manipulado. Isto porque acabou de fazer um pacto com a certeza e todo o resto não faria sentido de existir.

Terceiro, assim como um quebra-cabeça, cada peça tem a sua importância para completar o todo. Não importa o seu tamanho, posição, cor ou qualquer outra característica. E isso começa a ajudar no entendimento do que devemos adquirir.

Além disso, voltando no exemplo do Steve Jobs, para ter um entendimento dos benefícios que trouxeram as suas ideias e realizações, não olharemos para Apple, mas ao contrário vamos observar o mercado como um todo.

Isto porque suas ideias foram e são constantemente combatidas, e este foi o motivador do direcionamento para todos. Ou seja, as suas referências são o mínimo que se deve esperar de resultados plausíveis.

E sendo assim, elevou-se muito o nível e exigências de forma global. Só que para qualquer ideia que venha a existir.

Neste caso caro leitor(a), esta reflexão pode ser realizada em qualquer situação, momento, ocasião. Isto porque retorçamos aqui a importância de buscar “seguir” opiniões diferentes da sua. E monitorar, confrontar as ideias.

Porque? Porque? E Porque?

E não deixe de se perguntar “Porque” essa ideia é diferente da minha? E qual a motivação que a torna mais ou menos viável? Porque? …

E ao confrontar as ideias e seguir outras pessoas que possuem ideias que confrontem as suas, você estará notoriamente se libertando das armadilhas e manipulações que existem principalmente nos dias atuais.

Só que quem apenas opta por ser extremista. Seguindo sem pensar a manada está se posicionando como uma isca fácil das manipulações.

Porque infelizmente, os líderes, influenciadores, algoritmos das plataformas e redes sociais ou como são chamados aqueles que dão os direcionamentos para a sociedade no geral, utilizam os extremistas podendo direcionar para seus próprios interesses.

“Colocando Pessoas Contra Pessoas” 🙁

E basta deixar na mão de terceiros a sua opinião, sem buscar confrontar as ideias com as de outras pessoas. Pronto! Os líderes irão manipular para onde quiserem os resultados.

Mas isto porque você entregou ao obvio o que poderia ser a sua escolha, ou oportunidade de mudar.

E é simples de entender, até mesmo os algoritmos utilizados pelas grandes plataformas, conseguem tomar decisões com base na quantidade de extremistas existentes devidamente posicionados.

Além disso cria-se as tão poderosas evidências públicas, que podem ser utilizadas de diferentes maneiras, alienando mais e mais pessoas, num efeito bola de neve.

E este mesmo líder, algoritmo, plataforma social, se é que podemos considerar desta maneira, mas podem fazer exatamente isso, colocar pessoas contra pessoas.

Mas dificilmente irão propor um confronto de ideias devido seus próprios interesses, que na grande maioria estão contrárias e ocultas aos desejos dos seus próprios seguidores.

Desconfie! Cuidado com o óbvio.

Ou seja, quando você está totalmente no extremo de uma opinião, desconfie! Porque é exatamente onde a sua, é a mesma do seu líder e a mesma de todos que você estar seguindo, simplesmente por que pensa o mesmo que você.

E sem nunca ter certeza ou confrontado essas ideias com as ideias de outras pessoas contrárias ou diferente das suas.

Só que sem ter o trabalho de fazer os questionamentos dos “Porquês” elementares para argumentar com inteligência as ideias. E não se esquecer de que não é a única ideia do pacote.

Além disso, confrontar as ideias são exigências elementares para chegar ao direcionamento consensual. E se privar disso é deixar nas mãos de outrem a decisão do que pode representar o seu futuro.

Ideias, Armadilhas E Pessoas

ideias-armadilhas-pessoas
ideias

E neste caso , pode ser um tiro no pé devido as intensões não estarem diretamente inclinadas a te trazer certos benefícios. Como aprendizado, crescimentos pessoal, profissional e consequentemente financeiro e o direcionamento que está buscando para atingir determinado objetivo.

Mas sim você pode já ter caído nesta armadilha e dificilmente terá espaço para corrigir e reverter a situação.

E dependendo do caso, trazendo novamente aqui o exemplo da política, quando você escolhe um candidato porque pegou uma cola, ou simplesmente porque todos estão dizendo que é aquele que vão escolher.

Só que sem ter feito o dever de casa. E o preço será muito alto e levará um mandato inteiro que terá que engolir e descobrirá logo nas primeiras resoluções que nada daquilo é bom para você ou para sua família, mas já é tarde demais.

Portanto, expondo aqui de forma aberta e genérica, as necessidades de confrontar as ideias, podemos usar em qualquer situação, durante toda a nossa vida.

Como novamente o exemplo, da política quando dá o seu voto em um determinado candidato, em dinâmicas de grupo, nos relacionamentos, entre outros casos..

Porque o mais importante é dar o espaço para que o outro exponha a sua opinião com ideias. E após isso, permitir o tempo para que consiga refletir com calma sobre o que foi apresentado e buscar agir com sabedoria, não sendo tolo.

A diferença básica entre o “Tolo” e o “Sábio”.

“O sábio consegue encontrar aprendizado mesmo na aparente pior ideia. o Tolo mesmo na aparente melhor ideia não encontra o que aprender”.

Além disso, é bem aqui que vive a essência para se permitir confrontar as ideias.

“O que você sabe não interessa, o que interessa é o que você faz com aquilo que você sabe.” Lembre-se disso!

E por isso, repito que o direcionamento virá quando você permitir e agir confrontando as ideias, com ideias opostas, de forma produtiva buscando objetivos positivos e evoluir a cada passo.

Porque muitas vezes, achamos que ter mais informações é saber mais e seremos melhores. Mas na verdade, temos que fazer o contrário, limpar, filtrar informações e crenças limitantes que tiram o foco para realizar os seus sonhos.

A final, somos transbordados diariamente com informações vindas de diferentes fontes, procedências e interesses.

E contraditoriamente temos a informação gerando desinformação. Nos deixando ainda mais confusos!

Respeitar a opinião do seu rival

Hum, e aqui é onde aperta o calo. Porque você vai respeitar a opinião de quem é contra você? E esse é com certeza o ponto mais limitante de todos.

Isto porque, mesmo que você não concorde com a opinião, o que deve ser confrontado são sempre as ideias. E usar o cérebro ao máximo, investir em sua inteligência é crucial, para saber se está pavimentado para seguir em frente.

Porque até descobrir o que motivou aquela ideia e o quanto é viável a ponto de refazer os seus planos e incrementar ainda mais os seus argumentos, validando-os, enriquecendo a sua maneira de pensar e aprender com os erros e com os acertos.

E o que você ganha ou perde quando deixa de confrontar as ideias e parte sego pelo caminho do extremismo.

Porém a resposta é simples, não terá a direção. E isso significa ser como uma garrafa perdida no oceano.

Esta sensação existe quando por exemplo: deixamos de votar conscientemente, depois de ter feito o seu dever de casa, em confrontar as ideias com diferentes ideias até chegar aos argumentos que foram determinantes e convincentes para a sua escolha.

Pense nisso, com muito cuidado e relevância. E ainda assim, continue monitorando suas ideias e argumentos, para manter sempre forte os fundamentos até então criados, porque é um fator determinante de todos os seus resultados na vida.

Consciência Não Tem Preço

E além da política, o confronto de ideias será o item elementar número 1 também no seu relacionamento com outras pessoas, sua família, seus pais, marido, esposa, filhos, parentes e amigos.

Porque de qualquer forma temos sempre a responsabilidade como cidadão, permitir abertamente que as ideias sejam confrontadas de forma construtiva buscando sempre viabilizar o direcionamento necessário consensual das suas escolhas.

E aprender muito com o compartilhamento dessas informações que se tornam muitas vezes grandes histórias e exemplos que antes não eram interpretados com a devida notoriedade, responsabilidade e confronto adequado.

Sendo assim promoverá a oportunidade do crescimento para todos os interessados, fazendo da mesma forma como o Steve Jobs que nos inspirou desde o início nestes exemplos, onde a sua elevação do nível de exigência com detalhes que eram tão importantes como qualquer outra peça do quebra-cabeça.

E colocando assim o seu limiar em cheque, te desafiando saudavelmente, te direcionando para a prosperidade! Essa é a ideia. E boa reflexão!

Leia Também: Oposto Do Sucesso É Desistir E Não O Fracasso

RECAPITULANDO: Como Combater Ideias Podem Convencer Pessoas?


podutividade-no-dia-a-dia

Baixe Nosso E-book Com Dicas De Produtividade No Dia-A-Dia!


Confirme o recebimento do e-book e ótima leitura!


 

Viva Seu Máximo


 

Leia também

Mais Recentes

Redes sociais

Não seja tímido, entre em contato. Adoramos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.

Wildcard SSL Certificates