tenis-corrida

Tênis para corrida

Saiba como encontrar o tênis para corrida ideal.

Para começar a praticar a corrida é fundamental escolher um tênis adequado para essa pratica de exercício.

Hoje, existem tantas opções no mercado que fica difícil saber o melhor modelo. Afinal, cada pessoa precisa de um tênis específico.

Na hora da compra é preciso ter em mente que: Mais do que beleza, marca e cor, controle as sobrecargas! Calce bem e esteja de acordo com seus objetivos.

O tênis ideal para corrida deve ter duas funções importantes: proteger os pés do esforço das passadas e possibilitar que o corredor desempenhe  o máximo do seu potencial.

O calçado projetado para a corrida deve distribuir o impacto que o atleta recebe a cada passada quando os pés tocam no chão.

A força do impacto gerada pela batida do pé contra o piso chega a até três vezes o peso do corredor. Por isso, o sistema de amortecimento deve ser muito eficaz evitando problemas nas articulações.

A flexibilidade do calçado também é de fundamental importância para garantir melhor aderência  e conforto durante a corrida.

  • Formato do pé: Os formatos do pé variam não só em comprimento, mas também em largura e forma. O que faz com que existam vários formatos de tênis. Quem pratica corrida vai ficar várias horas durante a semana usando o mesmo tênis e por conta disso o tênis deve ser escolhido de acordo com a anatomia do pé de cada pessoa.
  • Peso do corredor: Os corredores mais pesados acabam tendo uma vida útil menor. O ideal é procurar por tênis mais duráveis da categoria indicada para o seu estilo de corrida. Sempre levando em consideração aspectos como estabilidade amortecimento, etc. As solas de poliuretano são mais resistentes do que o EVA;
  • Nível atlético: O seu calçado deve ser escolhido de acordo com o ritmo que você corre e seu grau de condicionamento também afetam a seleção do tênis. Quanto mais devagar, maior deve ser à base de suporte. Quanto mais rápido, menor a base;
  • Corredores iniciantes: Os corredores iniciantes devem ter um tênis com ótimo amortecimento para ajudá-los na adaptação ao novo esporte. Este tipo de corredor também tende a ter uma frequência de passadas menor, o que gera maior impacto a cada passada. Por conta disso vale a pena gastar um pouco mais e comprar um tênis de qualidade superior.




A utilização de um tipo inadequado de calçado pode contribuir no aparecimento de lesões.

Tênis com uma sola com pouca flexibilidade poderá contribuir no desenvolvimento de inflamação no tendão de Aquiles (calcâneo).

O tênis com muito amortecimento no calcanhar pode prejudicar o tendão de Aquiles, verifique se a sola do tênis não é muito rígida ou se há excesso de amortecimento no calcanhar note se o calcanhar não é muito alto e macio.

Tênis com sola muito flexível pode contribuir para a fascite plantar, é uma inflamação do tecido na sola do pé. Se tiver problemas com fascite plantar procure por um tênis com bom suporte para o arco do pé.

Também pode considerar o uso de palmilhas especiais com suporte para o arco do pé.

tênis-corrida
tênis-corrida

Local e tipo de treino ou competição.

Se você treina em estrada de terra irregular e com lama deveria preferir tênis da categoria trilha, em pisos muito duros, como concreto, procure calçados com maior amortecimento.

Corredores velozes podem querer um tênis da categoria (ou lightweight) para treinos em ritmo rápido. Também pode-se utilizar este tipo de tênis para competições por serem mais leves.

tênis-corrida
tênis-corrida

O tênis também deve ser aposentado.

Tênis gastos que devem ser aposentados. Alguns sinais de desgaste da sola são visíveis, mas mesmo tênis que parecem estar em bom estado podem ter perdido grande parte da sua capacidade de amortecimento.

Em geral recomenda-se trocar entre 560-880 Km de uso. Corredores pesados também podem ter que trocar o tênis mais cedo.

Tipos de pisada:

Para saber seu tipo de pisada realize um teste caseiro: Molhe a sola do pé e caminhe sobre uma folha de papel qualquer e compare o desenho feito na folha para saber qual é a sua pisada.

Pisada neutra: às áreas molhadas no papel serão mais uniformes.

Pronada: toda à área que o seu pé tocar ficará molhada, indicando que você tem um pé plano.

Supinada: às áreas mais molhadas serão as do calcanhar e a da ponta do pé, o que mostra que você possui um pé cavo.

Cada um desenvolve uma pisada devido algumas características anatômicas como disposição dos joelhos. O ângulo formado pelo quadril, a flexibilidade de articulações, o equilíbrio muscular e principalmente o tipo de pé da pessoa. A ortopedia classifica os pés de três formas: Pé normal; Pé Plano e Pé Cavo.

Partes do tênis.

Alguns detalhes técnicos também precisam ser observados na hora de compra um calçado.

Um tênis de corrida é formado por cabedal, palmilha, sola, entressola, sistema de amarração e talão. A qualidade do calçado é determinada pela tecnologia aplica em todas essas partes.

  • O cabedal é a parte superior do tênis. Formada normalmente por tecido ou couro. O corpo do calçado tem a função principal de proteger garantir o conforto necessário para os seus pés;
  • A palmilha tem a responsabilidade de manter o pé na postura correta dentro do tênis;
  • A entressola fica localizada entre o cabedal e a sola; dispersão dos impactos e o controle dos movimentos. Normalmente é na entressola que estão localizados os sistemas de absorção de impacto. Esses são formados por matérias semelhantes à espuma;
  • A sola fica em contato com o chão e deve garantir a tração e a estabilidade necessária para as práticas cotidianas;
  • A estrutura formada pelo cadarço e os passantes é chamada de sistema de amarração. Essa parte é fundamental para a firmeza dos pés dentro do tênis;
  • Talão: é a estrutura da parte posterior do tênis ela sustenta o calcanhar e posiciona o tornozelo corretamente dentro do calçado;

Analisando todos esses aspectos importantes em um tênis de corrida. Você consegue ter uma boa noção do tipo ideal de tênis que você pode comprar para iniciar a prática da corrida.

Lembre-se que o ideal é provar o tênis para ter certeza que de fato ele se adapta a anatomia do seu pé, e não esqueça de seguir todas as nossas dicas citadas acima, para que a sua rotina de corridas seja saudável sem causar lesões.

Melhore ainda mais seus resultados, com planilha de controle com protocolos para a prática de Treinamento Intervalado de Alta Intensidade (HIIT).

planilha-HIIT-treinamento
Clique Aqui! planilha + E-book

Com o HIIT é possível obter resultados superiores a 1 hora por dia de exercícios aeróbicos, só que fazendo sessões de menos de 30 minutos, apenas 2 a 3 vezes por semana.

Os protocolos podem ser executados em bicicletas ergométricas, esteiras, elípticos ou até mesmo na rua. Planilha + eBook explicativo.

Comentários do Facebook

Viva seu Máximo

Últimos posts

Publicidade

Cadastre seu email

RSS Leia, compartilhe com seus amigos. Duplique! Viva Seu Máximo Sempre!
Baixe GRÁTIS o E-book!
Digite seu e-mail abaixo e receba imediatamente!
Não compartilhamos seus dados com terceiros.
Obrigado pelo seu interesse em nosso E-book.
Acesse agora mesmo seu e-mail e confirme seu cadastro.
Minutos depois após a confirmação, você receberá outro e-mail com o Link para download do E-book. #vivaseumaximo o momento é agora!
Baixe GRÁTIS o E-book!
Digite seu e-mail abaixo e receba imediatamente!
Não compartilhamos seus dados com terceiros.
Obrigado pelo seu interesse em nosso E-book.
Acesse agora mesmo seu e-mail e confirme seu cadastro.
Minutos depois após a confirmação, você receberá outro e-mail com o Link para download do E-book. #vivaseumaximo o momento é agora!