ser-colaborativo-no-trabalho

05 dicas para ser colaborativo no trabalho sem ser exagerado

Ser colaborativo no trabalho é uma coisa, carregar o departamento nas costas é um sacrifício desnecessário!

Você é aquele profissional excepcional que chega pontualmente no horário de trabalho? Nunca reclama quando o seu chefe pede para que você fique uma ou duas horinhas a mais trabalhando pelo bem da empresa? Além disso faz diversos favores aos seus colegas, que nunca lhe retribuem. Cuidado! Você está sendo bonzinho demais!

Reclamar é uma palavra que não existe no seu vocabulário! Imagina se você vai reclamar quando surgir algum problema, o seu espírito colaborativo não permite reclamações e você é sempre o primeiro a ajudar.

É você? Logo pela manhã providência o cafezinho. Como é uma pessoa muito colaborativa não se importa quando todos te abandonam em meio à bagunça.

Quando alguém está atolado em trabalho, é você que é procurado como o “salvador da pátria”? Se alguém precisa sair mais cedo, tudo bem você cobre o horário do seu colega? Afinal o que você mais gosta de fazer é ajudar!

Então não se espante quando chegar o final de semana e você estiver com o Home Office lotado de trabalho. Sem ninguém para lhe ajudar. E caso você ligue para um colega de trabalho, pode ter a desagradável notícia de que todos, menos você, estão curtindo aquela festinha.

Fuja dessa armadilha de ser bonzinho demais! Existem pessoas tóxicas e aproveitadoras, colegas de trabalho não são amigos, e muitos que você considera amigos podem estar se aproveitando do seu jeito generoso de ser.

Para evitar que os outros se aproveitem do seu excesso de boa vontade fique atento á algumas dicas:




1 – Será que você pode terminar esse relatório pra mim?

Quando alguém aparecer querendo que você termine algo alegando que não teve tempo suficiente, pergunte á essa pessoa quantas horas semanais ela trabalha. A resposta vai ser a mesma carga horária que a sua, então, diga a ela que se você consegue entregar os seus projetos em dia, no mesmo período de tempo ela também conseguirá, basta se organizar um pouco mais.

Deixe bem claro qual a sua posição e que responsabilidade em relação ao trabalho não é exclusividade sua. Portanto se a pessoa ficou a semana inteira marcando bobeira e não terminou seus compromissos profissionais, isso é problema dela! Por isso não te diz respeito.

 2 – Não permita que tripudiem em cima de você.

Você é sempre elogiado pelos colegas pela sua prestatividade. Todos elogiam a sua incrível disposição para ajudar. Mas espere aí, você pode ser colaborativo, mas não “é burro de carga de ninguém”. Portanto não aceite quando os seus colegas folgados quiserem que você resolva os problemas deles, afinal ser gentil não significa se responsabilizar pelo trabalho dos outros.

3 – Use o velho e bom ditado: “Uma mão lava a outra”.

Nem todas as pessoas que trabalham com você agem como “parasitas” sugando a sua energia, mas mesmo que seja um colega com o qual tenha afinidade, deixe claro que pode até ajudá-lo a fazer o que ele tiver pendente, mas que isso tem um preço, ou seja, quando você precisar não exitará em pedir que faça o mesmo por você.

colchao-para-banho-bebecolchao-para-banho-bebe

4 – Você não é o Office Boy!

Você mal chega ao trabalho na segunda-feira, e o desrespeito começa. Ei você, pode finalizar meu relatório? Não tive tempo de terminar em casa! Está na hora do cafezinho hein! Como quem diz você deveria fazer o café! E assim é o dia inteiro, ninguém se responsabiliza pelos trabalhos mais cansativos, sempre que acaba alguma coisa no escritório os olhos se voltam para você.

Afinal você é uma pessoa colaborativa e não se importa em ser explorado! Uma ova! Você se importa sim! E não é por que gosta de ajudar as pessoas que pode ser tratado com desrespeito pelos seus colegas.

5 – Coloque as cartas na Mesa!

Deixe bem claro, que não gosta de fazer o trabalho dos outros e nem ficar além do seu horário cobrindo alguém que precisa sair para ir á uma festinha, e quando chega o final de semana ninguém aparece para lhe ajudar a terminar todo o seu trabalho que acumulou enquanto você fazia o dos outros.

Você não é pau pra toda obra! Não tem obrigação de saber o lugar de todas as coisas, nem de fazer o café, trocar a água, ser técnico de informática e cuidar da limpeza do local. Esse não é o seu trabalho, por mais que você goste de ajudar e colaborar não permita que os outros extrapolem, imponha respeito, e os seus colegas entenderão que cada um deve cuidar do seu trabalho.

Está gostando deste conteúdo? Quer saber como criar novos hábitos e ampliar sua produtividade no dia a dia? Clique no link abaixo e Saiba mais:

organizar-vida-pep

Cadastre seu E-mail e Viva Seu Máximo todos os dias!

Receba “Grátis” os links para download dos E-books exclusivos!




<<  15 dicas para seu crescimento pessoal e profissional

Comentários do Facebook

Viva seu Máximo

Adicionar comentário

Últimos posts

Publicidade

Cadastre seu email

RSS Leia, compartilhe com seus amigos. Duplique! Viva Seu Máximo Sempre!
Baixe GRÁTIS o E-book!
Digite seu e-mail abaixo e receba imediatamente!
Não compartilhamos seus dados com terceiros.
Obrigado pelo seu interesse em nosso E-book.
Acesse agora mesmo seu e-mail e confirme seu cadastro.
Minutos depois após a confirmação, você receberá outro e-mail com o Link para download do E-book. #vivaseumaximo o momento é agora!
Baixe GRÁTIS o E-book!
Digite seu e-mail abaixo e receba imediatamente!
Não compartilhamos seus dados com terceiros.
Obrigado pelo seu interesse em nosso E-book.
Acesse agora mesmo seu e-mail e confirme seu cadastro.
Minutos depois após a confirmação, você receberá outro e-mail com o Link para download do E-book. #vivaseumaximo o momento é agora!