poupar-desde-crianca

Aprender a poupar desde criança e ter renda enquanto adulto

Saiba a importância de poupar desde criança!

Chega um momento da vida que nos deparamos com as nossas finanças e rodamos um filme na nossa cabeça. Pensando em que fizemos de errado financeiramente no passado… A conclusão mais frequente é que se tivéssemos aprendido a poupar desde criança as coisas estariam melhores agora.

Esse artigo que eu escrevi foi depois de muitas reflexões sobre o assunto e agora queria compartilhar com vocês. Principalmente aqueles que estão começando uma família agora e gostariam de fazer diferente com os filhotes que estão para chegar.

Acredite, se os seus filhos crescerem em um ambiente que ensine a poupar desde criança o futuro será brilhante. Além de ter uma boa renda quando chegar à fase adulta, administrar as próprias finanças não vai ser tão difícil quanto foi para nós. Acompanhe a leitura agora!

Introduzindo a questão do valor dentro de casa

A criança só sabe aquilo que ela entra em contato, então se algo não é do seu conhecimento ela não tem como deduzir automaticamente. Nós, adultos, sabemos que gastar R$100,00 em uma blusa não é a mesma coisa que gastar R$100,00 em uma televisão. Enquanto pagar esse preço numa blusa é um absurdo de caro, conseguir comprar uma TV com essa mesma quantia é um verdadeiro achado!

O seu filho só irá aprender a poupar desde criança se ele aprender que certas coisas valem mais que outras por algum motivo, e esse motivo está atrelado à nossa necessidade de sobreviver.

Por exemplo, quando ele pedir insistentemente um brinquedo que viu pela televisão e que todos os seus amiguinhos têm. Você precisa explicar que o preço desse brinquedo é X e que se pagar essa quantia nele, deixará de comprar comida para a casa. E se não há comida em casa, entra em questão a saúde física e a sobrevivência.

Para aparar a breve decepção da criança na hora que souber que não poderá ter esse brinquedo agora (imediatismo). Os pais poderão mostrar a alternativa de economizar no lanche da escola por um mês, levando comida de casa, e juntar o dinheiro suficiente para pagar o brinquedo que ela quer!

Objetivos

Eu sei e sei que você também sabe que se não tivéssemos um objetivo de longo prazo é provável que a nossa poupança estivesse vazia. É provável que a nossa economia tenha começado quando bateu aquela vontade de viajar sozinho com os amigos nas férias. São as metas que nos propomos que nos movem, isso é fato. Então por que com o seu filho seria diferente?

Usando o mesmo exemplo anterior do brinquedo. Quando você mostrar a alternativa de economizar no lanche da escola para comprar o que ele quer. Incentive-o mais ainda dando um cofrinho para colocar todo o dinheiro poupado lá dentro.

Explique que o preço do brinquedo é Y, e que economizando certa quantia de dinheiro por semana. Em um mês ele poderá alcançar o valor Y e conseguir cumprir com o objetivo dele! Estimule ainda mais o seu filho a poupar desde criança. Dizendo que ele só poderá abrir o cadeado do cofre quando alcançar a meta proposta de Y!

Institua meios de ganho

É claro que às vezes os pequenos pedem uns brinquedos que são caríssimos e apenas economizando no lanche do colégio será impossível chegar no objetivo em um mês.

É claro que ele poderia continuar economizando por mais tempo, mas crianças são instintivas e o imediatismo é natural. Logo, se demorar muito tempo para conseguir chegar na meta proposta, é provável que ele desista de economizar, e não é isso que queremos.

Mostre a ele outros meios para ganhar dinheiro, como a mesada. Se for possível, institua dentro de casa a cultura de dar certa quantia mensal/semanal para o seu filho.

Agora é hora de explicar que tudo o que ele precisa realmente é você quem vai pagar e dar para ele. E que esse dinheiro é para os gastos extras. Por exemplo, ir ao cinema com os amigos no final de semana, sair para lanchar com a turma ou comprar doces.

Quando o seu filho entender que esse dinheiro que ele recebe é para coisas extras! E que o essencial ele terá garantido pela mamãe e pelo papai. Ele estará pronto para tomar a decisão de economizar uma parte! Para conseguir pagar o preço do brinquedo que tanto quer no final do mês!

Sistema de recompensas

Aqui chegamos a um ponto muito importante sobre como ensinar a poupar desde criança. Já que se for feito de maneira compulsória é provável que o resultado seja totalmente o contrário do esperado. Mas continua sendo a maneira mais certeira de estimular a economia na infância!

O sistema de recompensa parece ser simples! Mas pode acostumar o seu filho a fazer tarefas extras ou a ajudar o próximo apenas quando há recompensas materiais. E isso não é lá muito positivo.

Mostre ao seu pequeno que há tarefas que são obrigatórias! Como arrumar a cama ao acordar, escovar os dentes, arrumar os brinquedos quando terminar de usa-los, estudar, realizar as tarefas da escola e até mesmo guardar a roupa limpa no guarda-roupa.

Estipulado o que é a obrigação dele dentro de casa é a hora certa de implantar o sistema de recompensas. É um método que só é efetivo com a percepção dos esforços dele em fazer tarefas extras, como ajudar o irmão caçula nos deveres escolares, ajudar a guardar as compras, etc.

Quando perceber que ele fez algo voluntariamente que não era seu dever, dê um dinheiro simbólico e diga para ele guardar no cofrinho.

Assim, a criança irá entender que isso foi um agradecimento, mas tem que tomar cuidado para ele desenvolver o hábito de fazer as coisas apenas para ganhar algo em troca.

Guardando o dinheiro

Conforme a criança for crescendo e ganhando responsabilidades maiores dentro de casa ou até mesmo fora dela. É o momento ideal para falar sobre ter a sua própria poupança para o seu futuro.

O menino ou a menina que aprende a poupar desde criança com o cofrinho vai perceber que passar a ter a sua própria poupança é um momento especial. Ele irá valorizar e ter orgulho dos seus esforços econômicos para ter um bom futuro planejado.

Nesse momento, é ideal falar sobre planos mais sérios. Como a faculdade, viagens, formatura, casa própria na vida adulta, projetos empreendedores, etc. A ideia de poder economizar desde agora! Para ter algo grande irá estimular a vontade de poupar e ter excelentes resultados depois.

Viu como ensinar a poupar desde criança pode ser muito produtivo? A consciência da economia não é simples! É algo que deve ser trabalhado constantemente, sempre respeitando o nível de entendimento do seu filho.

Quase esqueci de mencionar algo muito importante: dê o exemplo e não esconda nada da criança! Conforme a maturidade for avançando, deixe-o a par da saúde financeira da família, mostre como ele pode colaborar com as finanças dentro de casa. Os filhos são um espelho dos pais!

Continue crescendo e buscando conhecimento sempre!

planejamento-financeiro

quer-aprender-2

Cadastre seu E-mail e Viva Seu Máximo todos os dias!

Receba “Grátis” os links para download dos E-books exclusivos!

 




Comentários do Facebook

Viva seu Máximo

Adicionar comentário

Últimos posts

Publicidade

Cadastre seu email

RSS Leia, compartilhe com seus amigos. Duplique! Viva Seu Máximo Sempre!
Baixe GRÁTIS o E-book!
Digite seu e-mail abaixo e receba imediatamente!
Não compartilhamos seus dados com terceiros.
Obrigado pelo seu interesse em nosso E-book.
Acesse agora mesmo seu e-mail e confirme seu cadastro.
Minutos depois após a confirmação, você receberá outro e-mail com o Link para download do E-book. #vivaseumaximo o momento é agora!
Baixe GRÁTIS o E-book!
Digite seu e-mail abaixo e receba imediatamente!
Não compartilhamos seus dados com terceiros.
Obrigado pelo seu interesse em nosso E-book.
Acesse agora mesmo seu e-mail e confirme seu cadastro.
Minutos depois após a confirmação, você receberá outro e-mail com o Link para download do E-book. #vivaseumaximo o momento é agora!