ecomomizar
ecomomizar

Economizar Vivendo Uma Vida Plena Com Bons Hábitos.

Ouça este artigo |  
Listen to this article

Como economizar e se divertir?

E como vocês sabem, eu sou um adepto ferrenho de economizar e poupar dinheiro. Mas falando sério: também gosto de me divertir.

Porque trabalho o dia todo durante a semana e quando chega sábado e domingo quero me dar ao luxo de poder fazer coisas que me fazem bem.

Então, é possível economizar e se divertir? A resposta é claro que sim, meus amigos.

Mas uma coisa não anula a outra e eu vou provar isso para vocês! Esse artigo está baseado na minha experiência de economizar para investir meu dinheiro a longo prazo, sem deixar de aproveitar. Mas te convidamos a ler as dicas a seguir de como poupar e viver a vida de maneira feliz e satisfatória!

Planifique-se!

Porque para economizar e aproveitar a vida é preciso ser racional. E é isso mesmo, para conciliar a diversão com uma boa saúde financeira a última coisa que devemos ser é 100% emocionais.

Primeiro porque a economia é numérica, exata, objetiva. E segundo é que a planificação é o primeiro passo para você começar a se divertir, sem ficar se preocupando com todos os centavos gastos no almoço do domingo com os amigos, ela é a base para a diversão ser saudável.

Mas separe toda a quantia de ingressos financeiros mensais que você tem: salário, investimentos, herança, etc.

E agora faça uma lista de todas as suas despesas (saídas de dinheiro) mensais fixas. Ou seja, aqueles que obrigatoriamente você tem que pagar.

Com por exemplo: Aluguel, luz, água, gás, telefone, plano de saúde, seguro de vida, seguro da casa, parcelas de empréstimos passados, etc.

E então basta uma simples conta de mais e menos para saber quanto de dinheiro sobra depois de pagar tudo aquilo que é fixo. Sobrou dinheiro? Ótimo, mas se o seu plano é economizar a coisa não termina por aí.

Mas o maior erro é achar que todo o dinheiro que sobra pode ser destinado para o seu lazer no tempo livre. E torrar todo o seu dinheiro não comprometido no mesmo mês não é inteligente. Porque você não estará poupando e sim gastando com coisas que na realidade não são necessárias.

E esse dinheiro restante precisa ser dividido em dois: o da economia e o da diversão.

Só que é provável que após separar a quantia destinada para seus investimentos financeiros, o que sobra é pouco. E saber se divertir com o que sobra é o verdadeiro desafio, mas não impossível! Vou te mostrar como.

Primeiro a mudança psicológica!

Se investir fosse fácil, seria um hábito social e eu não estaria escrevendo esse artigo. Poucos são aqueles que realmente estão dispostos a economizar.

E o principal motivo é que a primeira mudança não é a dos hábitos financeiros e sim a interna. Mas tire um momento para descobrir o porquê de estar economizando.

Pensou? Provavelmente é para algum grande objetivo futuro, algo que você quer muito e que vale a pena abdicar de certas coisas agora para obtê-lo lá na frente.

Mas saiba que esses sacrifícios são dolorosos apenas para aqueles que não querem se desprender de algumas regalias, das coisas materiais do presente que superficialmente representam a felicidade individual.

E a felicidade não está no novo celular lançado pela empresa X, muito menos naquele vinho gran reserva da vinícola francesa. Para economizar e se divertir é preciso perceber que esse caminho até o objetivo não é difícil, nem sacrificante.

Porque pequenas coisas como mudar a disposição dos móveis da sala. Limpar o vidro da janela que estava acumulando poeira há anos.

E caminhar na praça do seu bairro por meia hora ou até mesmo fazer uma pipoca caseira podem se tornar verdadeiras fontes de diversão e felicidade!

Procure atividades ou atrativos gratuitos!

E agora que já sabemos como planificar a sua estratégia até o objetivo final e felizmente fazer a mudança mental para enfrentar esse caminho até lá.

Mas isso não quer dizer que você tem que ficar enclausurado dentro de casa ou fazendo atividades ao ar livre pra não gastar nada. Converse com os seus amigos, vizinhos e familiares sobre os passeios e atividades gratuitas que eles frequentam.

E é provável que eles conheçam alguma feira, evento ou museu de entrada livre e nunca comentaram porque você nunca perguntou.

Só que outra maneira de encontrar programas gratuitos é olhando páginas na internet ou em redes sociais. E procure eventos no Facebook que estão acontecendo na sua cidade, entre na página do Governo e consulte a agenda cultural. Procurando com certeza encontrará!

E em tempo: para os solteiros é uma ótima oportunidade de conhecer pessoas que também estão no mesmo barco que você, programas grátis para economizar.

Saia da sua zona de conforto!

O noticiário da TV com 80 informações novas a cada hora. O jornal diário que vem com 100 páginas recheadas de notícias, a internet com 100.000 resultados para qualquer palavra procurada no Google ou redes sociais.

E com bombardeio de novidades todo segundo… Mas CALMA! Porque esse costume de viver a vida a mil quilômetros por hora todo tempo é uma verdadeira ameaça à nossa saúde financeira.

Já que esse bombardeio de informação nos leva a vivermos a vida de maneira muito acelerada, não sabemos mais a hora de parar. Mas isso gera ansiedade, depressão e muitos outros transtornos psicológicos provocados pela mania de ter tudo instantâneo.

Só que sabe como resolvemos dar um jeito nesses problemas? Gastando. E é isso mesmo, a forma mais antiga de aliviar sintomas de tristeza é recompensando com coisas materiais. Por isso é um perigo de alta tensão às nossas economias!

Mas a dica para você é que comece a desacelerar um pouco mais. E mastigue devagar, fique parado na escada rolante até chegar ao outro patamar, dirija no seu tempo, não acelere o vídeo do Youtube. Viva o momento presente!

Conheça novos lugares!

Assim que possível é claro, coloque em prática conhecer é sempre uma forma de renovar nossas energias. Mas claro com segurança. Porque no momento em que vivemos com pandemia da covid-19. O recomendado é fique em casa.

Só que em determinado momento há necessidade de comprar algo ou vontade de experimentar coisas de fora de casa, tenha certeza que sempre há duas opções: a barata e a cara. E nesse momento de economizar, escolha sempre a primeira opção.

Não se prive!

Acima eu mencionei que para economizar e se divertir o ideal era conhecer lugares baratos, mas isso não significa que você tenha que deixar de frequentar os lugares caros que estava acostumado a ir antes. Você só tem que diminuir a frequência!Não se prive de nada, isso torna o ato de economizar muito doloroso e não tem que ser assim. Se estamos falando de diversão soa até contraditório falar em proibição ou cortar laços eternos com coisas ou lugares que nos fazem bem. E é aí que entra o sistema de recompensas.

Deixar de ir tantas vezes a um lugar provoca saudade, e o fato de retornar lá depois de um tempo é muito prazeroso. Então por que não se recompensar pelos grandes esforços com isso de vez em quando? Torne esses ambientes mais caros um lugar especial, sinônimo de celebração.

Economizar e se divertir não devem ser coisas excludentes, nós apenas temos que sair da nossa zona de conforto e passar por um processo de mudança mental, mas tudo isso de maneira planificada. Seja racional para ter uma boa saúde financeira e poder ser feliz emocionalmente!

Este conteúdo te ajudou? Cadastre o seu e-mail e confirme no FeedBurn do google.
E receba “Grátis” semanalmente os artigos exclusivos de cada série!
podutividade-no-dia-a-dia

Baixe Nosso E-book Com Dicas De Produtividade No Dia-A-Dia!


Confirme o recebimento do e-book e ótima leitura!


 

Viva seu Máximo


 

Adicionar comentário

Mais Recentes

Redes sociais

Não seja tímido, entre em contato. Adoramos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.

Wildcard SSL Certificates